Unbroken
I don' t care if I'm misfit.
I like it better than the hipster bull shit.
I am the mother friking princess.
Here's To Never Growing Up - Behind The Scenes vs Music Video


asked: Anônimo
Post a pic of demi and her new hair

“Eu amo as estrelas. Aliás, tenho mania de amar o que está longe .”
~ Vi em algum lugar.   


-rosewoods:

Pretty Little Liars + food.


“Não existem pessoas erradas, assim como não existem livros errados. Existem, sim, os livros folheados no momento errado. Todo mundo tem algum que nunca chegou ao fim, que nunca compreendeu, que nunca chamou atenção. Todo mundo tem um livro abandonado na estante, servindo só de enfeite. Entretanto, estes mesmos itens decorativos para uns, servem de inspiração e estão nas cabeceiras de outros. Da mesma forma, sempre existem aqueles que nos são presenteados por alguém e nunca conseguimos passar da página 50 e, anos depois, enquanto limpamos a prateleira, acabamos por retomar a leitura, descobrindo ali um mundo nunca antes imaginado. Torna-se, então, o nosso preferido. Simplesmente chegou o momento certo. Palavras, assim como pessoas, também têm sua hora. Quem nunca reparou, certa vez, por acaso, em uma frase capaz de traduzir tudo o que sentimos e, depois disso, de modo místico, a frase pareceu surgir por todos os cantos? Algumas coisas estão ali, sempre estiveram, mas por algum motivo, só fazem sentido quando precisamos. O erro está na fase, não na frase. Não era a hora de ler, não era a hora de sentir. Tantas e tantas vezes um trecho de música ecoa em nossa mente sem, no entanto, ter um significado a mais. Até que um dia algo acontece: um choro, uma surpresa, uma alegria. Algo muda a nossa e vida e, de repente, a gente percebe: estava ali, fez sentido. Porque sabemos, não é? Não se pode ler um mesmo livro duas vezes. É a mesma metáfora do rio: na segunda, você, muito mais do que as palavras, não é o mesmo. Consequentemente, estas mudam ao seu ver. E é por isso que há mil e uma interpretações para um só ponto. Tudo depende de como você está por dentro naquele momento. Nós mudamos e nossa visão das coisas torna-se completamente diferente.”
~ Rio-doce  

“Não existem pessoas erradas, assim como não existem livros errados. Existem, sim, os livros folheados no momento errado. Todo mundo tem algum que nunca chegou ao fim, que nunca compreendeu, que nunca chamou atenção. Todo mundo tem um livro abandonado na estante, servindo só de enfeite. Entretanto, estes mesmos itens decorativos para uns, servem de inspiração e estão nas cabeceiras de outros. Da mesma forma, sempre existem aqueles que nos são presenteados por alguém e nunca conseguimos passar da página 50 e, anos depois, enquanto limpamos a prateleira, acabamos por retomar a leitura, descobrindo ali um mundo nunca antes imaginado. Torna-se, então, o nosso preferido. Simplesmente chegou o momento certo. Palavras, assim como pessoas, também têm sua hora. Quem nunca reparou, certa vez, por acaso, em uma frase capaz de traduzir tudo o que sentimos e, depois disso, de modo místico, a frase pareceu surgir por todos os cantos? Algumas coisas estão ali, sempre estiveram, mas por algum motivo, só fazem sentido quando precisamos. O erro está na fase, não na frase. Não era a hora de ler, não era a hora de sentir. Tantas e tantas vezes um trecho de música ecoa em nossa mente sem, no entanto, ter um significado a mais. Até que um dia algo acontece: um choro, uma surpresa, uma alegria. Algo muda a nossa e vida e, de repente, a gente percebe: estava ali, fez sentido. Porque sabemos, não é? Não se pode ler um mesmo livro duas vezes. É a mesma metáfora do rio: na segunda, você, muito mais do que as palavras, não é o mesmo. Consequentemente, estas mudam ao seu ver. E é por isso que há mil e uma interpretações para um só ponto. Tudo depende de como você está por dentro naquele momento. Nós mudamos e nossa visão das coisas torna-se completamente diferente.”
~ Rio-doce   (via craquelar)

“Juntos. Porém, separados.”
~ Sussurros.  (via com-versos)



“Eu fico esperando você sentir minha falta todo dia.”
~ I Miss You.   (via poematizei)

“Amor que é amor mais cura do que machuca.”
~ Edgar Araújo. 

Amigos que fazem você rir só de olhar pra cara deles:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: ♥



promisse ©